ricochetes e boca a boca

Te escrevo para te dar parabéns pelo Disparos. Vi o filme no sábado agora, e achei muito bem dirigido, gostei do elenco, em especial do Ciocler. Espero que venha o pxmo. filme teu.
Não vi o filme no Fest. do Rio, porque reparei que gosto mais dos filmes quando pago meu ingresso, ninguém conhecido por perto, sem badalação, e aí o filme se defende sozinho. E o Disparos se defende muito bem. Bj

Jorge

 

Estou passando para dizer que acabei de ver o seu filme (Disparos). Quero muito te dar os parabéns!!! Direção primorosa, elenco afinado e roteiro espetacular!! Vida longa à vc e ao cinema nacional sempre!!
Bjo grande e sucesso!!

Wagner

 

“Disparos”, primeiro longa de Juliana Reis, faz a gente prender a respiração no início para só soltar ao final. É um suspense que nunca havia visto no cinema brasileiro e oxalá inaugure uma nova safra. Parabéns, Juliana! Muita galhardia de sua parte fazer um longa no Brasil. Que venham outros!

Denise

 

Ju, assisti DISPAROS hoje! Mil parabéns! Está incrível!

Thaisa

 

Juliana, querida

Vi o filme e ADOREI! Muito bom mesmo! Parabéns! Excelente roteiro, escolha de atores, diálogos, tudo fora do óbvio, com um suspense bem dosado e ainda um viés documental, já q ele se baseia em fatos reais (pontuados pela dupla de maior sucesso no país – Burocracia & Incompetência…)

Q estréia, hem!!! Fiquei orgulhoso! beijos

Tárik

 

O filme anda para frente, para trás e para os lados numa história que vai se revelando aos poucos, num jogo de causa e consequência. Imagino que não seja à toa o fato de a narrativa ser dividida em “capítulos” que levam o nome do processo de revelação fotográfica. Estou falando de “Disparos” de Juliana Reis (direção e roteiro). em cartaz nos cinema. Tudo é conduzido com segurança, habilidade e capricho de uma cineasta experiente, mas com um detalhe: é o primeiro longa dela. Isso sem falar nos diálogos divertidíssimos, carregados de ironia. A violência urbana é a matéria prima do roteiro e sobre ela a gente sai da projeção pensando em como casos dessa natureza sempre parem tão simples, claros e fáceis de julgar, mas que se desdobrados revelam histórias muito mais complexas.

Henrique

Deixe seu comentário


©2012 - Escrevendo & Filmes - Todos os direitos reservados / All rights reserved - Login Design: SUBITO CREATIVE